Cachoeira: MP fará exame gratuito para reconhecer paternidade

Mais de 223 mães foram atendidas por servidores do Ministério Público nos dias 13 e 14 nos municípios de Amélia Rodrigues e Cachoeira, como parte da iniciativa de cunho social desenvolvida pelo Núcleo de Promoção da Paternidade Responsável (Nupar) no projeto ‘Sou Gente de Verdade’. O serviço consiste na realização de palestras e atendimento personalizado, como fase preparatória para o mutirão de reconhecimento de paternidade que acontecerá naqueles municípios entre quinta e sexta-feira (29 e 30). Nesse período, a unidade móvel de atendimento do programa ‘MP Comunidade’ percorrerá as cidades e estacionará hoje, na Praça da Matriz, em Amélia Rodrigues; nessa sexta (30), na Praça do Jardim Grande, em Cachoeira. O atendimento será realizado pelos promotores de Justiça Joana Philigret, Adílson de Oliveira, Marcel Bittencout, em Amélia Rodrigues, e Rodrigo Rubiali, em Cachoeira.

Está agendado um total de 183 audiências (ver programação abaixo), para as quais os pais das crianças foram convocados a comparecer. Para isso, as mães receberam do MP nessa fase preparatória uma notificação que deve ser entregue a eles. No mutirão, além dos reconhecimentos de paternidade, os promotores e servidores também atenderão demandas espontâneas que surgirem devido à mobilização dos órgãos públicos locais, por meio das secretarias municipais e rede de apoio assistencial de cada município. Na palestra realizada para as mães, a assistente social Ângela Almeida explicou como o MP chega até elas e informou qual é o papel da Instituição. A identificação das mães é realizada em parceira com as secretarias estadual e municipal de Educação que informam os alunos matriculados que não possuem o nome do pai nos registros escolares. Para chegar às pessoas que não estão matriculadas, o MP dialoga com os órgãos da rede de assistência social, como os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e os Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Na fase preparatória, realizaram o atendimento os servidores de Salvador Ângela Almeida, Eder Oliveira, Lucas de Jesus Satos e Virgínia Alves, além das servidoras de Cachoeira, Renilda Santa Rosa, e de Amélia Rodrigues, Thaiane de Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *