Cachoeira: Panorama Internacional Coisa de Cinema acontece de 11 a 17 de novembro

Evento acontece de 11 a 17 de novembro em Cachoeira e de 14 a 21, em Salvador

O cineasta norte-americano Spike Lee é o principal homenageado do XIV Panorama Internacional Coisa de Cinema, que acontece de 11 a 17 de novembro em Cachoeira (Cine Theatro Cachoeirano) e de 14 a 21, em Salvador. Na cidade do Recôncavo, o acesso à programação é gratuito, enquanto na capital baiana, os ingressos custarão R$ 12,00 e R$ 6,00 (meia), com exceção das sessões de abertura, que têm entrada grátis.

A homenagem será em uma mostra com 13 longas-metragem dirigidos por ele e na identidade visual desta edição. “É um dos mais sérios autores contemporâneos. Diretor cômico, dramático e político, tudo ao mesmo tempo, em mais de uma dezena de filmes lançados nos últimos trinta anos”, ressalta Cláudio Marques, que divide a coordenação do festival com Marília Hughes.

Faça a Coisa Certa (1989), um dos filmes mais conhecidos de Spike Lee será exibido gratuitamente na abertura do festival, dia 14 de novembro, 20h, no Espaço Itaú de Cinema Glauber Rocha. Com foco nas tensões raciais no Brooklyn, o filme mostra a reação da comunidade negra e latina às escolhas do ítalo-americano Sal (Danny Aiello) para decorar sua pizzaria. Quando o ativista local Buggin’ Out (Giancarlo Esposito) questiona a ausência de negros na “Parede da Fama”, tem início um efeito dominó que não termina bem. O filme volta a ser exibido dia 15, às 17h45.

Os preconceitos também estão no centro de Febre da Selva (1991), que flerta com a comédia romântica, mas não abre mão da carga dramática ao abordar o caso extraconjugal de um arquiteto negro e sua secretária branca. A sessão será no dia 21, às 13h20. Crooklyn – Uma família de pernas pro ar (1994), Spike Lee parte de lembranças da própria infância no Brooklyn para mostrar um casal com cinco filhos, lidando com o desemprego e as diferenças sociais. A produção será exibida nos dias 18 (17h) e 19 (15h30).

Em O Plano Perfeito (2006), o cineasta usa e subverte os elementos do gênero policial numa trama repleta de camadas. O filme parte de um assalto ao banco Manhattan Trust para mostrar o confronto de estratégias e ações entre o ladrão  vivido por Clive Owen, que parece estar sempre à frente da polícia, e o detetive interpretado por Denzel Washington. O longa será exibido nos dias 16 e 20, às 14h55 e 16h45, respectivamente.

A mostra em homenagem a Spike Lee inclui ainda Os verdadeiros reis da comédia, Ela quer tudo, Lute pela coisa certa, Mais e melhores blues, Irmãos de sangue, Garota 6, O verão de Sam, Milagre em Santa Anna e Elas me odeiam, mas me querem. Alguns dos filmes selecionados também serão exibidos na Sala Walter da Silveira, com acesso gratuito.

O festival conta com patrocínio da Ancine, do Fundo Setorial do Audiovisual e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul; além do apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, via Fundo de Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *