Com dois gols de Vinícius, Bahia sai do sufoco e vence o lanterna do Brasileirão

Retornando ao “Pituaço” e com bola rosa em homenagem ao outubro rosa, o Tricolor venceu no sufoco com dois gols de Vinícius e encerrou o jejum de cinco jogos sem triunfar no campeonato. O placar de 2 a 0 fez com que o Bahia chegasse ao 12º lugar com 34 pontos e a 4 pontos de distância da zona do rebaixamento

O jogo

O técnico do Bahia começou o jogo com Flávio no lugar de Nilton para ter uma melhor saída de bola contra o adversário que teoricamente viria se defender. A equipe do Paraná tratou de entregar a pelota logo ao Tricolor baiano afim de explorar os erros do Esquadrão. No primeiro tempo o Bahia chegou duas vezes ao gol da equipe paranaense porém, Léo e Zé Rafael respectivamente, estavam em posição irregular. O Tricolor baiano apertou a marcação mas, o adversário, último colocado do brasileirão, não se intimidava e tentava jogar bola.

Aos 10, Élber fez uma linda jogada tocando a bola entre as pernas do adversário, sofrendo falta em seguida mas, o árbitro deu vantagem pois a bola sobrou para o lateral Bruno que chutou sobre o marcador que desviou para escanteio. O Paraná passou a acreditar mais no jogo e partiu para o ataque. Silvinho cobrou falta fechada mas o goleiro Douglas encaixou com segurança. Aos 15, uma bela triangulação paranista na entrada da área do Bahia encontrou Deivid cara a cara com Douglas mas, o goleiro fechou o ângulo e catou firme sem dar rebote.

O Bahia tentou responder mas errava no penúltimo passe facilitando os cortes da zaga paranaense.

Aos 22, excelente chance para o Tricolor baiano, Léo, que por duas vezes ficou impedido, recebeu o lançamento do zagueiro Lucas Fonseca, agora em posição legal, e cruzou na medida para o meia Ramires que até cabeceou bem mas não levou sorte e a bola foi para fora.

Contra ataque paranista, Grampola recebeu passe pela esquerda e dentro da área, já sem ângulo, chutou no corpo do goleiro Douglas. Aos 28, o Bahia roubou a bola na entrada da área, Zé Rafael recebeu o passe mas se atrapalhou e perdeu a chance de finalizar. A torcida já estava pegando no pé do meia. Gilberto, que não estava recebendo bolas, saiu da área para tentar a jogada e chutou sem direção.

O jogo seguiu sem emoções nos minutos finais do primeiro tempo até que aos 43, Ramires cruzou na entrada da área para Zé Rafael que bateu de primeira e o goleiro Richard só ficou torcendo pra bola sair na linha de fundo. Nos acréscimos, Zé teve outra chance numa cobrança de falta que o goleiro Richard tirou para fora. No escanteio, Ramires tentou um gol olímpico mas, o arqueiro paranaense estava atento e cortou.

Na segunda etapa o Bahia partiu para cima em busca do resultado positivo. Logo aos 2, Zé Rafael recebeu um cruzamento livre e cabeceou com perigo. O goleiro quase dentro do gol, conseguiu evitar a abertura do placar. Blitz da equipe baiana no início do segundo tempo. Em menos de 2 minutos, o Bahia já havia cobrado 4 escanteios. O goleiro Richard, sempre que podia, caía no gramado para esfriar o jogo. O Paraná chegou aos 12 com Juninho mas Douglas espalmou.

Em seguida, lance de perigo do Bahia, Bruno cruza rasteiro, Ramires chegou fechando, não conseguiu concluir ao gol mas ajeitou para Zé Rafael que chegou chutando em cima do goleiro Richard, mais uma vez o arqueiro não deu rebote

Aos 23, primeira substituição no Bahia, entrou Vinícius na vaga do lateral Bruno. Aos 30, o Paraná teve outra chance de abrir o placar, mas parecia que o clube paranaense não queria ganhar o jogo, já que o volante Andrey sozinho colocou a bola para fora.

A torcida e o time do Bahia, estavam impacientes pelo resultado que se desenhava. Aos 35, Zé Rafael foi substituído, debaixo de vaias, para a entrada do atacante Edigar Junio. Aos 39, alívio da torcida tricolor, Élber recebeu a falta na entrada da área, Vinícius, pegou com rara felicidade na bola que deixou o goleiro estático no meio do gol, fazendo os mais de 29 mil torcedores, explodirem de emoção em Pituaçu. 1 a 0 para o Esquadrão. Depois foi só segurar o placar e comemorar os 3 pontos conquistados. Ainda deu tempo de Vinícius marcar o segundo gol dele na partida, recebendo na pequena área e batendo com força sem dar chances ao goleiro do Paraná que, apesar da cera, vinha fazendo um grande jogo.

Na próxima rodada o Tricolor vai ao Rio de Janeiro enfrentar novamente o Botafogo, clube que eliminou nas oitavas da sulamericana, agora pelo brasileirão, no sábado, 20, às 16h, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *