Adsumus: Roque Isquem e empresário são condenados a oito anos de prisão

Parte chave da Operação Adsumus, que prendeu prefeitos e empresários no recôncavo, como o ex-prefeito de Muritiba Roque Luiz Isquem. É que o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) decretou nesta terça-feira (9) nova prisão para Roque Isquem e do empresário Anderson Bela, após condenação para cumprimento de penas em regime fechado. Os dois estão envolvidos em um esquema de corrupção no município entre os anos de 2013 e 2015, e são investigados pela Operação Adsumus.

O juiz Rafael Barbosa da Cunha sentenciou Roque Luiz a oito anos e oito meses de reclusão em regime fechado, e proferiu a sentença com pena de oito anos e quatro meses de reclusão em regime fechado para Anderson Bela. Ambos cumprirão a pena por crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O empresário Júlio Cezar Falcão dos Santos, também réu no processo referido, foi inocentado na decisão judicial. Ele é proprietário da empresa MCR Construções e Serviços Ltda, que foi contratada pelo município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *