Vitória perde a quarta seguida e se mantém no Z4

Mesmo jogando com o apoio da sua torcida no Barradão, em Salvador, o Vitória não resistiu e caiu para o Santos por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, 5, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se manteve na zona de rebaixamento. Essa foi a quarta derrotado seguida do Rubro-Negro na competição e a quinta como mandante.

O peixe superou o Leão com um gol logo no começo do uruguaio Carlos Sánchez, ajudado por um desvio na defesa adversária. Com o resultado, o Vitória continua no Z-4, em 17º lugar, com 29 pontos. O Rubro-Negro voltará a jogar no próximo dia 14, quando visitará a Chapecoense em confronto direto na luta contra o descenso.

O jogo

Precisando do triunfo para deixar a zona da degola, o Vitória iniciou a partida com troca de passes e buscando encontrar espaços na defesa do Santos. Ainda assim, não demorou para o Peixe abrir o placar, e com um lance de sorte. Aos oito minutos, Sánchez recebeu passe de Dodô e bateu de fora da área. A bola desviou em Lucas Ribeiro e impediu a defesa de Ronaldo, definindo o segundo gol do uruguaio pelo clube.

Em vantagem, o Santos seguiu sendo mais perigoso, apostando principalmente em jogadas de Bruno Henrique pela ponta esquerda. Além disso, se aproveitava da atuação ruim do Vitória, improdutivo por errar muitos passes. Esse cenário só se alterou a partir dos 20 minutos, quando o Santos tentou cadenciar o jogo.

Assim, cedeu campo ao Vitória, que desperdiçou boa chance aos 22 minutos, quando Erick tocou para William Farias, que fez corta-luz. para Yago, que finalizou para fora, mas muito perto da meta defendida por Vanderlei. Mas esse lance foi quase uma exceção, faltando criatividade ao Vitória, apesar de ter maior posse de bola.

Para a etapa final, o Santos voltou com Rodrygo na vaga do apagado Derlis González. E o jovem atacante assustou logo no primeiro minuto. Mas ficou nisso, porque o Santos seguiu jogando apenas para administrar a vantagem, sem ser agressivo e permitindo que o Vitória ficasse com a posse de bola, ainda que sendo pouco efetivo.

A situação se alterou em dois lances quase seguidos, aos 24 e 25 minutos. Foi a vez de Vanderlei aparecer com duas grandes defesas, após cabeceios de Lucas Fernandes e Alison, em tentativa de cortar, quase marcando contra, não fosse a intervenção do goleiro.

Mas acabou ficando nisso, ainda mais que Maurício Cordeiro foi expulso por acertar uma cotovelada em Diego Pituca. O Vitória até tentou ameaçar em jogadas aéreas, mas o sistema defensivo santista segurou o 1 a 0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *