Candeias: Justiça ouve testemunhas do caso da morte de artista plástico Nadinho

Sete testemunhas foram ouvidas nesta sexta-feira (14) como parte da investigação da morte do artista plástico Manoel Arnaldo dos Santos, o Nadinho, de 61 anos. O crime ocorreu no dia 21 de abril passado durante uma ação policial em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Segundo o G1, as audiências ocorreram no fórum da cidade.

Dez testemunhas foram convocadas para esta sexta, mas três não compareceram. Por isso, uma nova audiência foi marcada para o dia 9 de novembro. Após ouvir as testemunhas, o juiz vai interrogar os acusados. Três policiais militares são acusados pelo Ministério Público no crime de homicídio doloso [quando há intenção de matar].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *