Bahia pega o Vasco e o Vitória visita o Botafogo neste domingo

Bahia mira reação contra o Vasco para sair do Z-4

O Bahia vai mudar chave para enfrentar o Vasco pelo Campeonato Brasileiro neste domingo, 27, na Arena Fonte Nova, às 16h. Com dificuldades para vencer longe de Salvador, essa é a oportunidade perfeita para somar pontos e se distanciar da zona de rebaixamento, na qual ocupa o preocupante 18º lugar.

A irregularidade da equipe tem incomodado a torcida. Enquanto consegue se destacar nas competições de mata-mata, o Bahia tem dificuldades para somar nas disputas de pontos corridos. O volante Elton reconhece a dificuldade, mas acredita que o equilíbrio logo vai chegar para tirar o Tricolor dessa situação.

“No mata-mata a gente tá sendo feliz, conseguimos nossa classificação. Mas na série A do Brasileiro é dificuldade mesmo. Não tem time bobo, não tem time muito abaixo”, disse.

Em seis partidas, o Bahia só conseguiu vencer uma vez. Para Elton, a difícil situação começará a ser revertida quando o time pontuar fora de casa.

“Quando o time não ganha fora, dentro de casa tem que matar todos os jogos. Mas, quando a gente começar a roubar os pontos fora de casa, vamos subir na tabela”, afirmou. Esse processo precisa ser um pouco mais rápido para deixar o Bahia fora da zona da degola, ainda antes da parada à Copa do Mundo.

Apesar de um desempenho muito abaixo do esperado longe da casa, as atuações do Bahia dentro da Fonte Nova têm devolvido aos adversários mais tradicionais o temor de jogar em Salvador. E Elton atribui isso ao ‘fator torcida’. “Eles vão cantando do começo ao fim e isso, dentro da gente, vai tirando força quando tá cansado pra dar mais um carrinho, roubar mais uma bola”, disse.

Contra o Vasco, neste domingo, a estratégia é manter o posicionamento do último jogo contra o alvinegro carioca, mas saber que a postura do adversário vai ser diferente. A goleada por 3 a 0 pode ter deixado o Vasco ‘engasgado’, e o time com certeza virá a Salvador com sede de vitória.

Elton tem três gols pelo Bahia na temporada e não pretende parar por aí. Mas, para ele, o objetivo é avançar com o coletivo e as individualidades ficam pra depois. “Só estou pensando em tirar o Bahia dessa situação que incomoda os jogadores, a diretoria e a torcida. Domingo [vamos] entrar concentrados e fazer um grande jogo”, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *