Governo e entidades anunciam acordo para suspender paralisação por 15 dias

A

pós sete horas de reunião, o governo e um grupo de caminhoneiros anunciaram acordo para suspender, por 15 dias, a paralisação que afetava estradas de 23 estados e do Distrito Federal.

O acordo foi anunciado pelo ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) em entrevista coletiva, na noite desta quinta-feira (24).

De acordo com ele, das 11 entidades que participaram das negociações, apenas a União Nacional dos Caminhoneiros não concordou com os termos.

A Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) confirmou à reportagem que também não concorda com a política do governo. Mais cedo, a associação abandonou a reunião com o governo.

Além de zerar a Cide sobre o diesel -medida já anunciada na terça (22)-, o governo se comprometeu a ressarcir a Petrobras para que a estatal estenda por um mês o desconto de 10% sobre o preço do diesel na bomba.

Na noite de quarta-feira (23), o presidente da estatal, Pedro Parente, havia anunciado a redução do preço por 15 dias. De acordo com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, a União se comprometeu a ressarcir a petroleira a partir do 16º dia.

“Não há nenhum prejuízo para a Petrobras”, disse Guardia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *