Cachoeira: Após serem barrados na Policlínica Vereadores denunciam abuso no MP

Próximo da realização da Audiência Pública da Saúde, que será realizada nessa quarta-feira (18) os vereadores Júlio Cesar Costa Sampaio Teta (PSC) e Cristina Soares (PSB) foram impedidos de ter acesso às instalações da Policlínica Municipal Dr. Albérico Dias, no bairro do Caquende.
De acordo com os vereadores que foram inspecionar a unidade para apurar denúncias sobre precariedades da estrutura, a ordem para que eles não entrassem na unidade teria partido da Secretaria de Saúde. Mesmo sem acesso às instalações internas, os vereadores constataram que equipamentos importantes, a exemplo dos aparelhos de Raio de X e do Encefalograma estão encaixotados e permanecem sem uso.
Depois de terem sido barrados, Júlio Cesar Teta e Cristina Soares foram direto ao Ministério Público Estadual, relatar o ocorrido para que sejam adotadas as providências legais.

Confira nota da prefeitura:

A Secretaria Saúde informa que em momento nenhum quis cercear uma prerrogativa dos vereadores, assegurada pela Lei Orgânica do Município. Não foi possível atender os edis da forma mais apropriadas, tendo em vista que não houve o comunicado prévio à Secretaria. Contudo, o órgão está à disposição para qualquer esclarecimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *