Salvador: Após sete horas, chega ao fim protesto de rodoviários na região do Iguatemi

Motoristas que precisaram circular pela Avenida Antônio Carlos Magalhães, na região do Iguatemi, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (26) tiveram uma manhã complicada. Rodoviários do Subsistema de Transporte Especial Complementar (Stec) realizaram por sete horas um protesto no local. Desde às 6h, ocupavam quatro, das cinco faixas, no sentido Paralela. A manifestação só terminou perto de 13h.

A categoria reivindica a integração com o sistema de metrô e ônibus. Da frota de 291, pelo menos 250 micro-ônibus estão fora de circulação, segundo informações da Cooperativa dos Permissionários do Transporte Alternativo de Salvador, que promovem o ato, que teve reflexo em toda a cidade.

Os rodoviários do micro-ônibus ‘amarelinho’, como é conhecido o subsistema Stec, seguraram faixas alertando sobre o risco de desemprego fora do sistema de integração. Os manifestantes espalharam objetos na pista e queimaram pneus.

Por conta da manifestação, o trânsito ficou lento na região do Iguatemi, na chegada da BR-324, no Acesso Norte e na Avenida Paralela. A Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) e a Polícia Militar monitoram a região.

Representantes dos sindicatos afirmaram que, apesar da desobstrução da via, eles retornarão para as garagens e só retornarão às ruas após reunião com o prefeito ACM Neto, que está agendada para esta terça-feira (27).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *