Vitória supera apagão e goleia o Ferroviário

Um apagão inesperado que atingiu 14 estados do Brasil, incluindo todos da região Nordeste, atrasou por mais de duas horas o jogo entre Ferroviário e Vitória, nesta quarta-feira (21), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. A espera valeu a pena. O Leão goleou por 4×1, assumiu a liderança do Grupo B e encaminhou sua classificação às quartas de final da Copa do Nordeste.

O desgaste antes da bola rolar é inegável. “É um fato atípico. Eu, com tantos anos de futebol, nunca tinha vivido isso. Tivemos que andar rápido, por quase 1km, para que a equipe não tomasse o W.O. Situação difícil”, relatou o técnico Vagner Mancini ao canal Esporte Interativo.

A espera foi longa porque o gerador do estádio não funcionou. Um dos refletores chegou a acender, mas logo apagou. Apenas às 21h06, a energia voltou e o jogo, marcado para as 19h, começou. Para quem esperou mais de duas horas para ver o time do coração em campo, aguardar 22 minutos para gritar gol foi fichinha. 

Titular, o alemão Alexander Baumjohann fez um cruzamento excepcional para Denilson, que cabeceou e fez 1×0. Na comemoração, o atacante, que não marcava há quase um mês, passou a mão pelo corpo para “espantar a zica”. O último gol dele havia sido no dia 25 de fevereiro, contra o Jequié, pelo Campeonato Baiano.

Mais 13 minutos e lá vem a Alemanha de novo! Calma, não tem nada a ver com o traumático 7×1. Foi novamente o gringo que, após ser garçom no primeiro gol, aproveitou o passe de Pedro Botelho pelo meio e, de primeira, deixou o dele: 2×0.

O gol da liderança saiu ainda no primeiro tempo, no último minuto. Aos 45, Yago cobrou falta com categoria, fez o terceiro e colocou o Leão no topo da tabela.

No segundo tempo, o torcedor matou a saudade de Willian Farias. O volante fez seu primeiro jogo após oito meses afastado por causa de uma lesão no joelho. O pequeno público no estádio (apenas 81 pagantes) chegou a gritar “ô, o capitão voltou”. O Leão até sofreu um gol aos 13 minutos, com Lucas, mas administrou bem o placar. Ainda deu tempo de Yago fazer mais um, de pênalti, aos 44, e colocar a equipe na liderança do Grupo B, à frente do ABC pelo número de gols marcados (14 contra 12). Ambos têm dez pontos e saldo de cinco gols.

O Leão vai tranquilo para o próximo jogo pelo Nordestão, terça-feira (27), contra o Globo, às 21h45, no Barradão. Pode perder por até três gols de diferença que se classifica. Para avançar como líder, precisa ter um resultado igual ou melhor que o ABC, que enfrentará o lanterna Ferroviário, em Natal.

Antes, no sábado (24), às 17h, o Vitória enfrenta o Bahia de Feira, também em casa, pela semifinal do Baiano. Após o 1×1 na ida, em Feira de Santana, um novo empate garante o Leão na final.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *