Bahia encara a Juazeirense pelo primeiro jogo da semi do Baianão

Apartir do confronto deste sábado, 16, às 18h30, contra a Juazeirense, pela partida de ida das semifinais do Campeonato Baiano no estádio Adauto Morais, em Juazeiro, o Bahia entra em uma série de jogos decisivos, seja pelo estadual ou pela Copa do Nordeste, competição na qual o Esquadrão ainda precisa carimbar sua classificação às quartas de final.

Muito criticado por boa parte da torcida, Guto Ferreira sabe da importância dessa sequência até mesmo como avaliação para sua permanência no clube. Na coletiva desta sexta-feira, 16, no Fazendão, o treinador reconheceu que a equipe não pode mais errar.

“O nível de concentração tem que estar altíssimo, porque todas partidas agora são decisivas. Na Copa do Nordeste, a gente não pode mais errar. E nesse jogo agora (a semifinal do Baiano), também não podemos errar. Depois, vem a outra semifinal. Logo depois, o jogo decisivo da classificação da Copa do Nordeste. O foco tem que estar muito centrado e o desempenho tem que subir”.

Guto terá neste sábado o desafio de conseguir trazer um resultado positivo para Salvador, mesmo com diversos desfalques. Sete jogadores não poderão atuar em Juazeiro: os laterais João Pedro (dores no joelho) e Mena (lesão na coxa); o zagueiro Rodrigo Becão e o volante Edson (suspensos pelo TJD); os meias Allione (dores no joelho) e Régis (incômodo muscular); além do atacante Júnior Brumado (incômodo muscular).

Curiosamente, aquele que poderia ser considerado no início do ano como o menos badalado entre os atletas vetados é quem Guto mais vai sentir falta na partida deste sábado: o jovem Júnior Brumado, de 18 anos, que vinha se destacando nos últimos jogos com boas atuações e gols – aquilo que o experiente Kayke ainda não conseguiu apresentar.

Apesar de Guto não ter revelado na coletiva, Brumado seria o titular na partida deste sábado contra a Juazeirense, segundo fontes do clube. Guto, inclusive, ficou muito chateado com o veto ao atleta na véspera da partida. O treinador contava com Brumado, de 1,90 m, para apostar nas jogadas aéreas no irregular campo do Adauto Moraes.

“Brumado é um jovem que ainda precisa de rodagem, com um nível de força muito grande. É um jogador de muita competitividade, luta e que vem num momento importante, fazendo gols e buscando o seu espaço. Kayke é um jogador já tarimbado, que tem na sua carreira momentos importantes. É um jogador mais de velocidade, de chegada na área, que vai relativamente bem fora dela e, por onde passa, tem conseguido fazer gols. Aqui, ainda não chegou no nível que a gente quer e só tem uma maneira de conseguir isso: estando dentro de campo”, disse Guto, ainda sem saber que não contaria com Brumado.

Chance histórica

Do lado da Juazeirense, a partida é encarada como a chance histórica de avançar, pela primeira vez, à final do Baianão.

“Não adianta se desesperar neste jogo, apesar de ser em nosso campo. O Bahia é um time grande, um clube de Série A, então é ter cautela e explorar as deficiências. Assim como nós temos, eles também têm”, declarou o goleiro Tigre ao site do clube.

A equipe comandada pelo técnico Luiz Antônio Zaluar tem como principal aposta para surpreender o Esquadrão o artilheiro da competição, Salatiel, que já marcou seis vezes no Baianão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *