Bahia goleia o Jequié na Fonte Nova e pega a Juazeirense na semi do Baianão

O Bahia terminou a primeira fase do Campeonato Baiano em grande estilo. Nesta quarta-feira, 7, na Arena Fonte Nova, a equipe de Guto Ferreira aplicou uma goleada de seis a um no Jequié e se classificou para as semifinais da competição em segundo lugar com 20 pontos, dois atrás do líder Vitória.

 

O meia Vinicius foi o nome do jogo com dois gols e duas assistências. Nino Paraíba, Rodrigo Becão, Zé Rafael e Júnior Brumado fizeram os outros gols do Esquadrão. Marcelo Pano marcou o gol de honra no Jeque da Chapada na partida.

Pelo Campeonato Baiano, o Esquadrão agora volta a campo no dia 18, um domingo, fora de casa contra a Juazeirense, pelo jogo de ida das semifinais do estadual. A partida de volta acontece no domingo seguinte, 25, na Arena Fonte Nova. Antes disso, o Tricolor entra em campo no sábado, às 16h, pela quarta rodada da Copa do Nordeste contra o Náutico, na Arena Pernambuco.

O jogo

Como o Bahia entrou no jogo já praticamente classificado para as semifinais, o técnico Guto Ferreira resolveu poupar alguns atletas considerados titulares. Iniciaram no banco de reservas o lateral Nino Paraíba, o zagueiro Lucas Fonseca, além dos atacantes Edigar Junio e Kayke. Já o lateral Mena, o zagueiro Tiago e o volante Gregore, todos machucados, ficaram fora da partida.

O Esquadrão começou arrasador. Dominando a posse de bola desde o início da partida, a equipe de Guto chegou ao primeiro gol logo aos quatro minutos. Após cruzamento de Vinicius, o meia Zé Rafael tocou forte de cabeça, sem chance para o goleiro Gustavo, atleta revelado na base do Vitória.

Três minutos depois, veio o segundo tricolor. Após passe em profundidade, o lateral João Pedro caiu na área em dividida com o defensor do Jequié e o juiz Emerson Almeida acabou seguindo a marcação do assistente, assinalando a penalidade. Na cobrança, Vinicius cobrou com categoria em um canto, o goleiro pulou no outro. Na comemoração, o meia fez novamente a sua clássica dancinha para a torcida tricolor.

Depois dos dois gols, o Bahia continuou melhor no jogo, mas diminuiu um pouco o ritmo frenético. Aos 27, o Esquadrão marcou o terceiro, em jogada novamente com participação de Vinicius.

O meia cobrou o escanteio com perfeição na cabeça do zagueiro Rodrigo Becão. O atleta da base tricolor cabeceou forte para o chão, marcando mais do tricolor no jogo e o seu primeiro como profissional.

Com o placar elástico, o Tricolor vacilou e acabou tomando um gol. A jogada começou com um vacilo de Becão, que saiu jogando errado e acabou comentando falta. Na cobrança, Marcelo Pano desviou e marcou o gol do Jegue da Chapada na Fonte Nova.

Na segunda etapa, o Bahia começou com a entrada de Nino Paraíba no lugar de João Pedro, que saiu sentindo dores no joelho esquerdo.

Após os vinte minutos, Guto fez as últimas duas substituições, que inicialmente, davam a impressão de deixar o time mais defensivo. Nilton e Elton entraram nos lugares de Edson e Zé Rafael.

Mas o Bahia criou duas boas jogadas logo após a entrada dos dois volantes. No primeiro lance, aos 26, Júnior Brumado e Nilton acertaram a trave no mesmo lance. Um minuto depois, veio o quarto gol. O lateral Nino, que entrou bem na partida, ajeitou para a perna esquerda e bateu com classe no ângulo do goleiro Marciel.

Depois, aos 35 minutos, veio o quinto gol do Bahia, dos pés do nome do jogo: Vinicius. Após passe de Régis, o meia bateu forte e com efeito no canto, sem chance para o arqueiro de Jegue da Chapada.

E ainda teve mais: aos 38, Nino fez outra boa jogada pela direita e cruzou rasteiro. Marciel cortou fraco e a bola sobrou para Júnior Brumado, que dentro da pequena área só completou para o gol, marcando o seu segundo como profissional e decretando o placar final da partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *