PGR se irrita com mandado coletivo; governadores do NE querem pauta para segurança

O pedido para que as Forças Armadas atuem com mandados de busca coletivos preocupa quadros da Procuradoria Geral da República (PGR), de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.

Segundo a publicação, a estratégia do Planalto de solicitar autorizações na Justiça do Estado foi chamada de “sub-reptícia”. Se a previsão estivesse no decreto da intervenção no Rio, haveria questionamento da constitucionalidade.

Ainda de acordo com a coluna, com a segurança pública no centro do debate eleitoral, governadores do Nordeste decidiram elaborar uma pauta única sobre o tema para levá-la a Michel Temer. Eles se reunirão em João Pessoa. A ideia é entregar ao presidente uma série de propostas para reduzir a criminalidade na região.

O jornal ainda detalha que aliados do Planalto mais envolvidos com a reforma da Previdência querem pinçar trechos da proposta que possam ser aprovados por meio de projeto infraconstitucional e levá-los a votação. Trabalham com a equipe econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *