PF faz buscas em residência que seria do ex-prefeito Ricardo Machado

A Polícia Federal foi flagrada realizando buscas no imóvel em Lauro de Freitas atribuído ao ex-prefeito de Santo Amaro, Ricardo Machado. A casa alvo da PF fica localizada no condomínio Beira Rio orla de Lauro de Freitas. Após acordo de delação do seu amigo e ex-vice prefeito Leonardo Pacheco (confira aqui) o petista continua sendo investigado pela justiça através da Operação Adsumus, maior escândalo de corrupção que lesou os cofres públicos de Santo Amaro. Essa é a sexta fase da Operação Adsumus promovida pela 1ª Promotoria de Justiça de Santo Amaro e pela Promotoria de Justiça de Muritiba onde tem o objetivo de coibir delitos contra a administração pública, lavagem de dinheiro e licitações e contratos fraudulentos praticados entre os anos de 2012 e 2016 no âmbito das prefeituras de Muritiba e Santo Amaro, na Bahia.

A operação, que foi deflagrada em Salvador, Lauro de Freitas e Cruz das Almas, cumpre cinco mandados de prisão temporária e seis de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Santo Amaro e pela Vara Criminal de Muritiba. ​No período investigado, o Ministério Público apurou que cerca de R$ 20 milhões foram desviados pela gestão passada da Prefeitura de Santo Amaro por meio da aquisição fraudada de material de construção, aluguel de máquinas e veículos, e em licitações de obras públicas.

Dentre os denunciados à Justiça pelo MP estão, além do ex-prefeito, o ex-vice-prefeito Leo Pacheco; o ex-secretário de Obras e irmão de criação do ex-prefeito, Luís Pacheco; o irmão do ex-prefeito, Bruno Machado; os empresários Paulo Vasconcelos, Jachson César, Roberto Oliveira Santana e Hildecarlos Seixas, e Ilka Seixas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *