Santiago Tréllez é denunciado no STJD por suposta injúria racial contra Renê Júnior

O episódio de suposta injúria racial no clássico entre Bahia e Vitória, disputado no último dia 22 de outubro, na Arena Fonte Nova, que terminou com triunfo do Tricolor por 2 a 1, chegou ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).A procuradoria do órgão ofereceu denúncia contra o atacante Santiago Tréllez.

Ele foi acusado de ter chamado o volante Renê Júnior, do Esquadrão, de “macaco”. O processo será julgado na sexta (10), a partir das 9h (horário da Bahia), em sessão da Quarta Comissão Disciplinar. Enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o colombiano pode pegar um gancho de cinco a dez jogos, caso seja condenado, além de multa que chega até R$ 100 mil.

Segundo a denúncia, “as atitudes do atleta denunciado que levaram à revolta do ofendido não se limitam a meros xingamentos, tendo por certo extrapolado os limites do que se espera seja razoavelmente aceito como uma simples ofensa. Pelo contrário, diante da reação pode-se ter plena convicção de que houve sim ato discriminatório ou, admitindo-se em hipótese por amor ao debate, mesmo ato ultrajante”.

Bocão News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *