Santo Antônio: Debate sobre gastos públicos incentivou gestores do Recôncavo baiano

O fortalecimento da gestão pública e do controle social como forma de garantir gastos públicos adequados para a melhoria da vida dos cidadãos foi destacado durante o IV Ciclo de Capacitação da Rede de Controle, evento realizado ontem e hoje, dias 23 e 24, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), em Santo Antônio de Jesus. A abertura oficial contou com a participação da chefe do Ministério Público do Estado da Bahia, Ediene Lousado, da procuradora-geral de Justiça Adjunta, Sara Mandra Rusciolelli, do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA), Inaldo Araújo, e do secretário de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU), Nicola Espinheira Khoury. A capacitação foi voltada à sociedade civil organizada, órgãos de controle e conselhos municipais do Recôncavo baiano.

Segundo a chefe do Ministério Público, o empoderamento dos cidadãos, para que fiquem atentos à aplicação dos recursos públicos, é essencial para garantir que o bem estar social esteja acima da vontade pessoal dos gestores. “É preciso saber como os recursos estão sendo destinados. Os senhores têm aqui a missão de aprender muito para que possam nos ajudar a efetivar este controle”, afirmou a procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado. Em sua fala, o presidente do TCE reforçou a importância da Rede de Controle, que é composta pelo Ministério Público, e afirmou que os órgãos devem se aproximar do povo para que de fato seus direitos sejam efetivados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *