Prefeito de Cachoeira faz declaração polêmica sobre concurso público da cidade

O prefeito da cidade de Cachoeira, Tato Pereira (PSDB), fez uma declaração polêmica no último dia 17 de agosto, sobre as convocações dos aprovados nos concursos municipais da cidade. Ele declarou que não tem chamado os “concurseiros” aprovados no último certame municipal por entender que “estaria dando oportunidade de emprego para as pessoas de fora da cidade”. A declaração deu-se através de um programa de uma Rádio Web do próprio município, a Rádio Olha a Pititinga.

O pronunciamento do prefeito trouxe também revolta para alguns aprovados e para pessoas de fora do estado. De acordo com o código cível brasileiro, no seu artigo 5º, deixa claro que;
(Art. 5º) Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

I – homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

III – ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;

VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

X – são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;

XI – a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial;

Portanto, a declaração do prefeito, Tato Pereira, deixou claramente a mensagem de que ele não realizou o chamamento dos aprovados do concurso por decisão exclusivamente pessoal (caracterizando PRECONCEITO) e não por falta de estrutura municipal. A polêmica chegou a gerar um vídeo no canal no YouTube, Canal Azul Marinho, que comentou sobre o ocorrido. Confira a seguir:

 

Resposta a nota;

Em relação a nota publicada o prefeito que deixou de usar o sobrenome Pereira”Fernando Antônio da Silva (Tato)” afirmou que o intuito da sua declaração não foi discriminar os aprovados no concurso.

“A intenção de sua fala foi transmitir o desejo de que aprovados em concursos públicos fossem de suas respectivas cidades. O prefeito não foi contra aos preceitos legais, pois a Prefeitura está convocando os aprovados nas vagas, independentemente da cidade de origem.

Os aspectos ressaltados pelo prefeito que podem prejudicar o serviço público na cidade, são fruto de alguns casos constados neste início de mandato, que eram habituais desde a gestão anterior, mas que já estão sendo sanados. Dessa forma, os pontos “negativos” que foram levantados tinham o propósito de reforçar a preocupação do prefeito em empregar o povo cachoeirano, que tanto clama por trabalho”.

2 comentários em “Prefeito de Cachoeira faz declaração polêmica sobre concurso público da cidade

  • agosto 25, 2017 em 4:40 pm
    Permalink

    Otima materia, parabens queremos ver mais materias sobre esse assunto.

    Resposta
  • agosto 25, 2017 em 4:42 pm
    Permalink

    Por isso que é o portal lider da região, fala o que todos querem ver. Tem credibilidade sensacional.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *