Selton revela seus favoritos e indica obra que o inseriu na literatura

Ator desde os 7 anos, quando participou do seriado da TV Globo Dona Santa, em 1981, Selton Mello tem colhido os frutos da recente empreitada como diretor.

O mineiro, que assina a direção dos longas “Feliz Natal (2008)”, “O Palhaço” (2011) e do estreante “O Filme da Minha Vida” (2017).

“O Bandido da Luz Vermelha” foi o escolhido por Selton no que se refere à sétima arte. Dirigido por Rogério Sganzerla, o longa de 1968 retrata, inspirado em fatos reais, as aventuras de um assaltante que utiliza uma lanterna vermelha durante seus crime e é perseguido por um policial sedento por justiça.
Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *