Vitória demite Petkovic da diretoria de futebol

Em meio à grave crise política e esportiva que assola o Vitória, Dejan Petkovic foi demitido da atual gestão pelo presidente interino Agenor Gordilho, na tarde desta segunda-feira (24).

Com uma passagem para lá de confusa pela Toca do Leão, onde foi diretor de futebol, técnico, manager e gestor em um espaço de pouco mais de dois meses, o sérvio acumulou fracassos internos e externos e deixa o clube em situação delicada, na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro.

Como gestor de futebol, sua última função, o ídolo do time nos anos 1990 foi responsável pela contratação de jogadores como Neílton, Carlos Eduardo e pelo técnico Alexandre Gallo, demitido na última sexta (21).

Além da pressão externa, especulações davam conta de que o relacionamento de Pet dentro da Toca do Leão era instável e havia desgaste com funcionários e elenco.

A saída do diretor é mais um baque administrativo no Vitória, que tem sofrido um desmanche completo em sua administração. Além de Petkovic, deixaram o clube o seu antecessor, Sinval Vieira, o diretor jurídico, Augusto Vasconcelos, o presidente Ivã de Almeida, ainda que temporariamente, o diretor médico do clube, Gilson Meireles, e até mesmo o comandante em exercício, Agenor Gordilho, chegou a entregar o cargo antes de assumir.

O clube agora procura além de um novo técnico, um novo diretor de futebol.

bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *