Ataque à delegacia de Cachoeira foi feito por facção criminosa

A delegacia do município de Cachoeira,alvo de um ataque criminoso no último domingo (11) foi avaliado pelo Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), como ataque de facção criminosa da região em protesto ao combate do tráfico de drogas realizado pela polícia local.
Para o presidente do Sindpoc, Marcos Maurício, o caso se reflete no quadro de violência na Bahia. “Grupos de marginais bem armados que promovem ações articuladas e colocam o Estado de joelhos. Esse ataque evidencia a falência da Segurança Pública na Bahia”, destacou.
Ainda segundo o sindicalista, as condições de trabalho precárias e o baixo efetivo policial são alguns dos fatores que contribuíram para o ataque. “As Leis Orçamentárias Anuais, entre 2013 a 2017, aumentaram em quase 20% o investimento em Segurança Pública perfazendo, anualmente, uma média de cifras superiores a R$ 4 bilhões de reais. Cadê as realizações que foram feitas com esse montante orçamentário ?”, questionou o sindicalista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *