Maragojipe: Polícia Federal desarticula quadrilha que fraudava INSS

A força tarefa Previdenciária integrada pela Polícia Federal e Previdência Social, deflagrou nessa quarta-feira (31) a Operação MARAÚS, nas cidades de Maragojipe e Salvador. A operação visa desarticular quadrilha especializada em fraudar benefícios previdenciários.
A Quadrilha vinha atuando desde 2014, formada por pelo menos 1 intermediário e possível participação de (02) servidores do INSS lotados na Agência da Previdência Socialem Maragojipe- BA, montagem de documentos para comprovação de tempo de contribuição na condição de contribuinte individual ou empregado, os benefícios eram requeridos na Agência da Previdência Social em Maragojipe, onde teria a facilitação de (02) dois servidores do INSS nas concessões, e empréstimos consignado para o pagamento das fraudes.
O valor do prejuízo estimado em até o momento é de R$ 635.000,00 ( seiscentos e trinta e cinco mil reais) aos cofres da Previdência Social, em relação a 23 benefícios analisados pela inteligência Previdenciária. O valor do prejuízo que foi evitado, considerado a expectativa de vida constante na tabela do instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) é de R$ 4.770.000,00 (quatro milhões, setecentos e setenta mil reais).

Foram cumpridos cinco (05) Mandatos de Busca e Apreensão. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes previstos nos artigos 171, parágrafo 3, 288 e 299 do Código Penal Brasileiro. A Operação contou com Policiais Federais e 05 servidores da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *