Jorge Portugal perde força na secretaria de cultura e desaparece de Santo Amaro

Na última publicação do Jornal da Metrópole pertencente ao grupo do radialista e ex-prefeito, Mário Kertész, o então secretário de cultura do governo e santoamarense, Jorge Portugal, foi nocauteado pelo editorial do renomado jornal. Na nota publicada corre as seguintes alfinetadas: “Chamou atenção a presença apagada do secretário de Cultura do Estado, Jorge Portugal, no lançamento do edital Bahia na Tela, que incentiva o audiovisual baiano. Portugal foi ofuscado pelo diretor geral do Irdeb, Flávio Gonçalves, que roubou a cena ao lado do governador Rui Costa. Por se tratar de um edital com investimento de R$ 20 milhões do governo, esperava-se uma atuação mais forte do professor.” Segundo informações de bastidores Portugal não circula nas decisões importantes da cultura do estado nem tão pouco se mostra preocupado. No município onde ele costuma publicizar ter orgulho de beber na fonte da riqueza cultural ele anda meio desaparecido. Portugal não prestou apoio a nenhuma das festas da cidade como a da Purificação, o Bembé do Mercado, muito menos no São João de Santo Amaro. Por onde anda o secretário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *