Guto Ferreira celebra planejamento e prioridade ao Nordestão

O técnico Guto Ferreira recebeu um tremendo banho de isotônico por parte dos jogadores antes da coletiva pós-jogo na Fonte Nova, na madrugada desta quinta-feira (25). O técnico foi abraçado pelos atletas aos gritos de “Gordiola, Gordiola”.
Para o comandante tricolor, o título é uma recompensa ao trabalho desse grupo, que começou a ser montado no ano passado, num momento de dificuldade para o Bahia. “Esse troféu é para chancelar um trabalho de tamanha importância da maneira que chancelamos. Conseguir esse título para uma torcida como a do Bahia depois de 15 anos não tem preço”, comemorou.

“Principalmente por ter sido dentro de casa, por poder fazer feliz essa torcida, que merece muito mais. A torcida do Bahia é uma torcida apaixonada, que joga junto e não mede esforços para fazer o que fizeram hoje”, completou o ‘Gordiola’.

Guto lembrou do planejamento feito para este ano, em que preferiu fazer um revezamento e priorizar o Nordestão: “Demos oportunidade a todo mundo. Mas não foi só para dar chance a todos, foi para otimizar um calendário com dois jogos a cada semana. Para chegar à final da maneira como a gente chegou, com a equipe correndo muito, sobrando. Isso nos deixa muito contente”.

“A gente conseguiu administrar duas competições e chegamos bem na final das duas. Claro que Tentamos ganhar o Baiano também, mas entre ganhar o Baiano e a Copa do Nordeste esse aqui tem um sabor especial. Valeu a pena”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *