Senadora baiana acusa Temer de montar balcão de negócios para aprovar reformas

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) criticou, nesta terça-feira (16), durante pronunciamento em plenário, a forma que o governo federal está, segundo ela, impondo a aprovação das reformas Trabalhista e da Previdência no Legislativo. De acordo com a parlamentar baiana, o Palácio do Planalto está promovendo um “mercado livre” para passar os textos, sem o mínimo de debate e discussão, pois “a ideia é que a real urgência está na necessidade que tem o governo de aprovar, rapidamente, antes que o conjunto dos trabalhadores tenha condição de se mobilizar mais ainda para impedir o que nós estamos vendo aqui – vergonhosamente – acontecer na Câmara dos Deputados”.

De acordo com ela, comenta-se que na Câmara Federal cada deputado da comissão da Reforma Trabalhista que votou com o governo teria recebido agrados do Orçamento da União, além dos R$ 15 milhões em emendas e benefícios, para que eles próprios definissem como deveriam ser aplicados (em suas bases). “Além disso, os cargos estão abertamente sendo negociados”, disparou Lídice.

A senadora criticou ainda a adoção de um refinanciamento e perdão de dívidas históricas dos grandes devedores, que também estaria sendo negociado pelos deputados. “Isso não se transforma em escândalo”, lamentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *