Janot pedirá investigação de ministros de Temer

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF), nos próximos dias, a abertura de inquérito para investigar pelo menos dois ministros do governo Temer citados nas delações da Odebrecht.

Segundo a Folha de S. Paulo, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) já fazem parte da lista da Procuradoria, além do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), o líder do PMDB na Casa, Renan Calheiros, e os senadores Edison Lobão (PMDB), Romero Jucá (PMDB), José Serra (PSDB) e Aécio Neves (PSDB).

O ministro Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia e Comunicações) também poderá constar entre os pedidos de investigação da PGR.

Ainda de acordo com o jornal, Janot vai requerer também o desmembramento para instâncias inferiores de casos de políticos sem foro no Supremo, entre eles os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, além dos ex-ministros Guido Mantega e Antonio Palocci, o marqueteiro João Santana, governadores, ex-governadores e ex-parlamentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *