Tia Eron não quer largar benefícios da câmara

Exonerada no início de fevereiro da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) para participar da eleição da Mesa Diretora na Câmara Federal, a deputada Tia Eron (PRB) está irredutível em reassumir a pasta.
As últimas conversas com integrantes da administração municipal ocorreram na última semana. O diálogo só deve ser retomado após o carnaval.
No momento, a deputada entende que as vantagens obtidas como parlamentar, como verba de gabinete e cargos, são mais interessantes do que as condições oferecidas na secretaria.
Atualmente, a Semps é comandada interinamente pelo subsecretário Átila Brandão Júnior (PRB). Caso Eron retorne à secretaria, quem assume uma cadeira na Câmara dos Deputados é o atual diretor-geral do Procon-BA Marcos Medrado (PR), aliado do governador Rui Costa. (Bahia.ba)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *