Lídice defende fortalecimento de centrais de negócios do setor supermercadista

Presidente da Central Mix Bahia, que congrega 39 empreendimentos mantidos por 33 empresários, Josué Teles explanou a Wagner e Lídice a situação em que se encontra o setor e pediu incentivos do Governo do Estado para o fortalecimento dos pequenos e médios supermercados. “É um setor que movimenta R$ 18 bilhões por ano na Bahia e hoje contamos com 12 centrais de negócios no Estado, sendo quatro no interior e oito na capital. Essas centrais geram mais de 10 mil empregos diretos e indiretos”, ressaltou.
O titular da SDE pediu que eles apresentem os modelos de parceria entre as centrais e os governos, adotados em outros estados e disse que apresentará uma proposta que será levada ao governador Rui Costa.
Para a senadora Lídice da Mata, o fortalecimento dos empresários de pequeno e médio portes contribui para a geração de emprego e renda, sobretudo em áreas periféricas de pequenas e grandes cidades, que não são contempladas com grande redes de supermercados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *