Moro ouve Suplicy e Cardozo em depoimento da Lava Jato

As audiências serão feitas pelo sistema de videoconferência, entre Curitiba e São Paulo, e devem começar às 9h30 (horário de Brasília).
Preso em 26 de setembro de 2016, Palocci responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de receber propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e o final de 2013. Segundo o Ministério Público Federal, há evidências de que ele teria favorecido a empreiteira em decisões tomadas pelo governo petista.
Também são réus na mesma ação Marcelo Odebrecht (ex-presidente do Grupo Odebrecht), João Vaccari Neto (ex-tesoureiro do PT ) e Renato Duque (ex-diretor de Serviços da Petrobras), entre outros. Com informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *