Fábricas de charuto recebe visita de políticos

As fábricas de charuto do Recôncavo da Bahia que fazem parte da chamada “Rota do charuto”, abriram as portas na última sexta-feira (10) para uma visita técnica que reuniu autoridades como o Senador Roberto Muniz e o secretário de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado da Bahia (Seagri), Vitor Bonfim, além de membros da Seagri e Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur).

Na rota, os participantes percorreram as fábricas e fazendas produtoras de tabaco para conhecer a cadeia produtiva que há 450 anos movimenta a economia do Recôncavo. O roteiro é coordenado pelo Sindicato da Indústria do Tabaco do Estado da Bahia (Sinditabaco) e envolve os municípios de São Gonçalo dos Campos, Governador Mangabeira, Muritiba, São Félix e Cachoeira.

Segundo o Senador Roberto Muniz (PP-BA), a cultura do tabaco está na raiz da cultura do Recôncavo Baiano, sendo de extrema importância para a economia e subsistência das famílias da região. “A cultura fumageira articula com uma cultura maior, que é a do Recôncavo. Existe um potencial muito grande do setor, mas há um preconceito das pessoas que não percebem que o produto faz parte da cultura local e é gerador de milhares de empregos. Identificamos os obstáculos legais existentes para tentarmos dar alguns encaminhamentos junto as esferas do governo em prol do setor”, afirmou.

Segundo o Sinditabaco, centenas de famílias da agricultura familiar participam no cultivo do tabaco e 4.500 empregos diretos e indiretos são gerados e ocupados em sua maioria são de mulheres responsáveis pelo sustento de suas famílias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *