Com gol olímpico de Dátolo, Vitória atropela Flamengo de Guanambi no Barradão

Normalmente, 18h30 é horário de ir à missa. Mas nesta quarta-feira (15), o encontro do torcedor foi com outro Jesús, o Dátolo. Ele não fez ninguém rezar, nem operou milagre, mas fez um gol olímpico que fez até o mais rabugento dos torcedores deixar o Barradão com um sorriso de orelha a orelha. O Leão goleou o Flamengo de Guanambi por 6×1 e assumiu a liderança do Campeonato Baiano com nove pontos – o Fluminense de Feira ainda joga na noite desta quarta, contra o Vitória da Conquista, e pode chegar a nove.

Não foi só Dátolo, autor de dois gols, que brilhou. Kieza e André Lima também fizeram o Leão ter um jogo quase perfeito.

Aquele discurso do técnico Argel Fucks de que o time precisa jogar junto por muitas partidas para ter bom entrosamento ficou só na teoria. Com apenas quatro jogadores do time considerado titular em campo – Alan Costa, Willian Farias, Uillian Correia e Kieza -, o Leão não teve dificuldade para ofuscar o time do interior.

Bem encaixado e dono do primeiro tempo, o Vitória precisou de apenas 16 minutos para fazer 1×0. Em jogada de velocidade, José Welison rolou a bola para Dátolo, que encontrou André Lima na cara do gol e tocou. Preso pelo zagueiro, o atacante viu a bola passar e acabar nos pés de Kieza, que chutou como deu e abriu o placar no Barradão.

Se não teve gol de placa de Kieza, teve gol olímpico de Dátolo – o primeiro da carreira do argentino. Aos 29, em cobrança de escanteio, o camisa 10 mostrou seu dom de maestro e fez 2×0.

Sete minutos. Foi o tempo que o torcedor teve de descanso na arquibancada. Aos 36, Pineda avançou pela ponta direita, chutou em direção ao gol e viu Acássio dar o rebote. Oportunista, André Lima fez o terceiro do jogo.

Depois da surra de gols no primeiro tempo, mais bola na rede no segundo. Aos 8 minutos, Euller cruzou, Pineda ajeitou de cabeça e Dátolo fez outro belo gol ao emendar de primeira.

Quem viu o Leão tranquilo e pronto para administrar a goleada, ainda assistiu Bruno Ramires sair do banco para dar bela assistência para André Lima, aos 31. Não perca as contas: 5×0.

O Flamengo de Guanambi ainda marcou aos 39, após Pineda cometer um pênalti. Josy cobrou e, sem chance para Caíque, tentou diminuir o vexame. Foi só uma tentativa. Aos 44, Paulinho invadiu a área, passou por dois marcadores e, de canhota, fechou o caixão: 6×1.

O próximo jogo do Vitória será domingo (19), contra o Bahia de Feira, às 17h, no Joia da Princesa, em Feira de Santana.

(Informações Correio da Bahia)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *